quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Esconde Esconde com a Gabi

Esse post é daqueles pra descontrair. Foi numa tarde em Coqueiral-ES que resolvi gravar uma brincadeira com minha filha do tipo POV (point of view).

Perspectiva de alguém com 6 anos de idade olhando para a geladeira

 Acho que a experiência ficou bem bacana, tanto quando eu uso mas até mais quando ela usa, já que utilizei um suporte de cabeça para a GoPro, ela não tem a preocupação de enquadrar o que quer filmar, ficando muito mais natural.



Com isso pude perceber um pouco as coisas da perspectiva dela, já que a minha perspectiva dessa idade já se perdeu no passar das luas...


Vou deixar os vídeos separados e sem edição, já que são todos curtinhos. A gente gravava apenas a vez de cada um. Não foi uma gravação contínua.

O mais legal, eu estava com o controle remoto da câmera, e eu ligava ou desligava a gravação para provocar ela, já que ela não sabia onde eu estava. Por isso ela fala por diversas vezes que eu estava tirando fotos.

Nesse primeiro, ela me procurando. Assistindo o vídeo agora, não faço ideia de onde eu estava. Um profissional do pique esconde!!




Nesse dá pra ver bem como ela imaginou o esconderijo ideal, ficando atrás da casinha dela.



Outra coisa que fui percebendo é como cada vez mais ela percebia como eu me escondia e ia escolhendo lugares similares ou reproduzindo o que eu fazia.

Depois de não conseguir ganhar nas duas primeiras vezes, ela já começou a ficar com receio de sair do pique.



Melhorando o esconderijo...



Essa é a parte da ação!! Da Identidade Bourne, do Missão Impossível!! Mas ainda o pai não deixou ela ganhar.



Esse foi quase uma judiação, tadinha. Correu o que deu, mas na hora H, o pai bateu antes. Vendo agora os vídeos to quase com vontade de dar na cara desse pai. Que cara chato. Mas tenha calma, caso você também tenha tido esse desejo. Sou bom, acredite!



Esse foi o da vitória!! Vamos ser sinceros, depois das outras derrotas, esse teve um sabor todo especial né? Ganhar sempre não faz feliz. Ganhar por não ter desistido, não tem preço.



Aqui, depois de ter ganhado, já tá mais relaxada. Conversa com a mãe sobre o dente que tá mole enquanto "procura" por mim. Tá de brisa, como diria um amigo meu.

Agora já fiquei com vontade de dar na cara dela hahahhaha. Vai ver quando chegar em casa menina!!



Nesse já rolou malandragem. Se escondeu do ladinho do pique. Pode isso Arnaldo?? Malandragem aos 6 anos de idade???



A voz de desânimo foi impagável. Malandragem busted!

Assim terminou nossa tarde de brincadeiras. Mas espere, tem um bônus!


Esse último vídeo abaixo é de um esconde esconde que fizemos na fazenda. Ainda estava nosso amigo Tomás (ou Tumais, nunca sei).

A diferença desse é que a câmera estava no suporte de peito, e a filmagem ficou muito legal por ver o movimento dos braços. Parece muito com aqueles jogos em primeira pessoa!!

Confira e curta como se estivesse na brincadeira (dá pra ouvir os batimentos cardíacos!).


Um comentário:

  1. Que demais!! Que delicia lembrar de tudo isso! A voz dela como mudou. É que saudades da casa do ES..

    ResponderExcluir

"Be cool" quando for escrever seu comentário. Seja construtivo!