quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Natal

A incumbência de se escrever para a noite em que celebramos o Natal não é tarefa fácil. Muito já foi dito e escrito, mas incrivelmente, parece que nunca se consegue exprimir o verdadeiro sentimento que essa data representa.

Não vou tentar descrever esse sentimento ou, muito pior, tentar explicar.

O que pretendo é fazer com que este texto tome nossa atenção por um tempo pequeno que seja, para ativar uma memória, uma lembrança, de um momento compartilhado com nossa família em algum Natal já há muito esquecido.

Mas não apenas uma lembrança alegre e sim aquela que nos trouxe alegria e felicidade por, além de ter todos que amamos por perto, também tenhamos nos sentidos abraçados por Deus.

Não apenas a lembrança do nascimento daquele encaminhado para viver e morrer como nós, mas aquele momento em que tenhamos conseguido apenas arranhar o que seria encaminhar um filho seu para viver numa terra repleta de barbáries e sabendo que este seu filho, seria morto por eles.

E o motivo principal, pasmem, resgatá-los. Perdoá-los. Salvá-los.
Mostrar a todos nós que também somos seus filhos. Nos tornando todos irmãos entre si, mesmo esta condição por muitas vezes incômoda, irmãos!

E isto desencadeou responsabilidades uns para os outros. De uma hora para outra, todos deveríamos pensar mais e perdoar mais nosso próximo.

Representação maior de amor que só poderia se esperar de um Pai.
Aquele que nos deu o sopro da vida, ainda que este momento inexplicável pelas regras e leis conhecidas pelo homem. Que criou estas mesmas regras e leis da natureza para que pudéssemos viver de acordo com nosso entendimento, mas sempre nos estendendo a mão e nos guiando pelo caminho.

O reconhecimento de que nossas dificuldades apenas serão ultrapassadas se nos dedicarmos, é claro. Mas principalmente se colocarmos estes problemas nas mãos de Deus e reconhecermos que há problemas que apenas são solúveis por Ele.
Deus mandou seu filho por e para nós.

Que tenhamos este pensamento em nossas mentes no dia de hoje e sempre. E nos lembremos de nossos familiares, amigos e mesmo nossos irmãos em Deus que não conhecemos.

Para encerrar, este dia deve significar muita alegria, afinal é o nascimento de alguém especial para nós. E todo nascimento deve ser festejado e celebrado!!


Portanto, Feliz Natal!!! E vamos às comidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Be cool" quando for escrever seu comentário. Seja construtivo!