sábado, 10 de dezembro de 2011

Koenigsegg Agera R



Ok, vou confessar que tenho uma certa birra com superesportivos americanos. Talvez pelo ego exagerado que eles têm com relação aos motores de grande volume, os famosos big block.



Passam uma sensação de que tudo é possível apenas crescendo o tamanho do motor e sem muito desenvolvimento tecnológico. O torque é sempre o mais valorizado.

Acabam criando carros com alto torque, relativamente baixas potências, dirigibilidade ruim. Talvez seja por isso que sejam tão famosos em arrancadas onde estas características são mais valorizadas.
Mesmo nas corridas, os circuitos ovais são sempre mais bem "aceitos".

Alguém pode dizer "mas o Veyron também tem motor de 8 litros, como o Viper". Bom, fiquei até sem saber exatamente o que responder, tantas as diferenças. Vou tentar resumir dizendo que o Veyron é um carro que mostra excelência em cada detalhe. Seu desenvolvimento, como visto em outra postagem minha, é um marco na indústria automobilística. Criação de componentes que não existiam. Um motor revolucionário de 16 cilindros com 4 válvulas cada. Ou seja, uma obra de arte sobre rodas.

O Viper SRT/10 Roadster, em sua quarta geração, tinha um motor V10 de 8.4 litros aspirado, 2 válvulas por cilindro, montado em um corpo pequeno. Tive oportunidade de ouvir o som de um da primeira geração. Simplesmente lindo, mas seus detalhes tecnológicos param por aí.
Beberrão e características de pilotagem ruins. Exceto os preparados para corrida.

Por essa razão, sempre achei de mal gosto a SSC tentar bater o recorde de velocidade do Veyron com um carro praticamente de corrida sem se levar em consideração os outros fatores que fazem do Veyron um carro admirável. Conforto, capacidade de frenagem e aceleração. Veyron pode ser um carro do dia a dia.

Acho que existem dois testes realmente interessantes, que ainda assim não avaliam o algo a mais dos carros, mas tentam demonstrar o conjunto dinâmico do carro e não só um motor de elevada potência.

São os testes de aceleração e frenagem e os testes de pista.

A primeira vez que vi esse teste de aceleração e frenagem, foi de um carrinho um pouco feio chamado Ultima GTR que fazia uma aceleração até 100 mph (160 km/h) e freava na sequencia até a imobilidade em 9,4 seg. Era o melhor em 2006.

Assisti diversas vezes esse vídeo. Não consegui encontrar o vídeo onboard deste teste.


Para o teste de pista, o que eu mais acompanho são os testes do programa inglês da BBC chamado Top Gear. Eles realizam o teste de pista além de uma avaliação pessoal e técnica de todos os aspectos do carro.
Os resultados de pista são chamados de power laps.

Alguns carros surpreendem nessa lista por simplesmente serem desconhecidos e ficarem entre os melhores. É o caso do Gumpert Apollo que fui descobrir depois, se tratar de um motor V8 da Audi montado e preparado em uma pequena fábrica alemã. Ok, você pode entrar pra lista.


Tive uma grata surpresa de encontrar um Lamborghini em uma posição tão alta. O Aventador. Fiquei realmente feliz. Os Lamborghini e as Ferrari, se acomodaram por sempre serem considerados os melhores esportivos do mundo, que não perceberam a nova geração de esportivos que simplesmente os atropelaram.

Antes do Aventador, o melhor Lamborghini nessa lista era o LP 640 empatado com a Ferrari Enzo em 14o/15o.
O Aventador restabelece o orgulho da marca se posicionando em 3o lugar numa lista de carros realmente impressionantes. E isto se considerar que o Ariel Atom (Norte Americano) deva ser considerado um carro.




Outro carro que foi uma grata surpresa, é o novo Maclaren. Eu era um grande fã deste carro em sua primeira versão com o motor V12 da BMW.

Não sei muito deste novo carro, só vi que o motor agora é um V8 com dois turbos.

O site é realmente interessante e mostra o carro em partes. Vale a pena conferir. Maclaren MP4-12C

Não vou mergulhar no assunto de pista. O objetivo desse postagem é mostrar o novo Koenigsegg Agera R. Mas acho que acabei me empolgando com o resto.





A Koenigsegg é uma montadora sueca e apesar de não ser tão conhecida do grande público, seus carros figuram entre os melhores superesportivos desde 2002 com seu CC8S (0-100 km/h em 3,5 s e 390 km/h - dados da fábrica).

O Agera R já começou quebrando o recorde de 0 a 300 km/h que pertencia ao Veyron Supersport. Fez 14,53 segundos contra 14,60 segundos do Veyron.
Na verdade, ele quebrou 6 recordes mundiais sobre solo.
0 - 300 km/h - 14.53s
0 - 200 mph - 17.68s
300 - 0 km/h - 6.66s
200 - 0 mph - 7.28s
0 - 300 - 0 km/h - 21.19s
0 - 200 - 0 mph - 24.96s

Faz de 0 a 100 km/h em 2,9s e alcança uma velocidade teórica de 442 km/h (ainda não confirmado).

Motor é um V8 de 5 litros biturbo que produz 1.100 hp com 102 kg.m.

Que negócio é esse no teto??
Para quem quiser ir mais a fundo em suas especificações, clique aqui.

Ele faz neste vídeo o teste de aceleração e frenagem um "pouco" diferente do Ultima GTR em 2006. Agora ele faz uma aceleração até 200 mph (322 km/h) e freia.
É de arrepiar.



Agera 'normal'



Exposição no Salão de Genebra



Interior (mas eu sinceramente ainda não sei o que é esse 'maleiro' no teto)


Em vermelho


Pagani Huayra e Koenigsegg Agera R


Sempre um prazer ver uma Ferrari levando couro!


Para o final, um presente meu para quem estiver lendo. Uma arrancada de um Koenigsegg CCXF contra um Viper Supercharged. Enjoy!


Agora é o último, prometo. Porsche contra um Corvete. Ambos com 750hp. Divertido.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Be cool" quando for escrever seu comentário. Seja construtivo!